PUB

Coreia do Norte lança míssil balístico

A Coreia do Norte lançou ontem um míssil balístico a partir de uma base na costa oriental que percorreu cerca de 60 quilómetros em direcção ao Mar do Leste, informou o Exército sul-coreano.

O Estado-Maior Conjunto de Seul (JCS) confirmou que o projéctil foi disparado a partir de Sinpo, na província de Hamgyong do Sul, por volta das 6h40 (hora de Seul).

Segundo o Exército, o lançamento foi feito em terra, e não no mar, descartando a possibilidade de que tivesse sido disparado a partir de um submarino, como habitualmente acontece na região de Sinpo, onde fica o principal centro de desenvolvimento para este tipo de projéctil.

Especialistas de Seul e Washington estão a estudar o tipo de míssil que foi lançado como o seu alcance exacto, segundo a agência de notícias sul-coreana “Yonhap”.
O lançamento aconteceu no mesmo dia em que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebe na Flórida o líder chinês, Xi Jinping, num encontro que tem a Coreia do Norte como tema principal.

Donald Trump pediu a Xi Jinping, aliado mais próximo de Pyongyang, para que exerça maior pressão sobre o governo de Kim Jong-un para que este abandone o desenvolvimento de mísseis balísticos e armas nucleares. Pyongyang pede a Washington e Seul para acabar com os exercícios militares e que sejam desactivadas as bases dos EUA.

Tropas em prontidão

As tropas da Coreia do Sul estão prontas para enfrentar a Coreia do Norte, após o último lançamento realizado por Pyongyang, segundo uma declaração dos chefes dos Estados-Maiores das Forças Armadas sul-coreanas. Segundo o comunicado, as tropas sul-coreanas “mantêm de modo sólido plena prontidão para o combate, de maneira a responder imediatamente a qualquer provocação do Norte”. “As nossas Forças Armadas continuam a aumentar a capacidade de conter e responder à ameaça nuclear da Coreia do Norte e avisam que a continuação destas provocações imprudentes apenas leva  à derrota do Governo norte-coreano”, cita agência Yonhap a declaração.

Segundo os militares sul-coreanos, citados pela Yonhap, a Coreia do Norte testou o míssil balístico de alcance intermediário Pukguksong-2, que foi detectado pelo Sistema de Combate Aegis e pelo radar de alerta precoce.

De acordo com a agência, o míssil atingiu a altitude máxima de 189 quilómetros. Em Fevereiro, a Coreia do Norte realizou um teste bem-sucedido de seu míssil balístico Pukguksong-2. O Pukguksong-2 pode carregar uma carga útil nuclear e tem um alcance operacional estimado de cerca de 2.000 quilómetros.
Em 6 de Março, as Forças Armadas da Coreia do Norte lançaram quatro projécteis balísticos de médio alcance, três dos quais caíram em águas da Zona Económica Especial do Japão (EEZ), a apenas 200 quilómetros da costa do arquipélago.

 

Tagged under