PUB

EMIRATES DESTACA O PAPEL DA MULHER NA SUA ORGANIZAÇÃO

 A Emirates, a propósito do Dia Internacional da Mulher que se celebrou ontem, dia 8 de Março, está a destacar o papel essencial que as suas colaboradoras desempenham. Elas representam 44% da força de trabalho na companhia aérea e têm sido parte integrante da história de sucesso da Emirates nos últimos 31 anos.

A Emirates emprega actualmente mais de 29 mil mulheres de mais de 150 nacionalidades. As suas origens são as mais diversas e trabalham em todo o universo das operações aéreas. Mais de 18.000 trabalham como tripulação de cabine enquanto as restantes desempenham as suas funções em áreas técnicas ou e de liderança. Do total de profissionais do sexo feminino, cerca de 2,5% ocupam cargos de gestão na companhia aérea, sendo que há cada vez mais mulheres a ocuparem posições que tradicionalmente eram ocupadas por homens. Na última década, o número de mulheres empregadas na Emirates aumentou em linha com o crescimento da companhia aérea. A proporção de mulheres como parte da força de trabalho total da companhia aérea também cresceu 6% durante o mesmo período.

Abdulaziz Al Ali, vice-presidente executivo de Recursos Humanos da Emirates, afirma que a ‘Emirates está empenhada em oferecer oportunidades iguais no local de trabalho para mulheres e homens em todas as funções empresariais. Estamos orgulhosos de nossas colegas mulheres e sua imensa contribuição para o crescimento e sucesso da companhia aérea. Esperamos que eles possam continuar a inspirar e ser modelos para meninas e mulheres de todo o Mundo interessadas em prosseguir uma carreira no mundo da aviação’.

Mulheres piloto, engenheiras de aeronaves, supervisoras de carga e despachantes de voos

A tripulação feminina do cockpit da Emirates tem 24 nacionalidades e compreende idades entre os 20 e os 59 anos, incluindo mulheres piloto cadetes. São o caso da Capitã Nevin Darwish, do Egipto, e da Primeira Oficial Alia Al Muhairi, dos Emirados Árabes Unidos, que pilotam os icónicos aviões da Emirates A380 do Dubai para Viena. A Capitão Darwish é a primeira mulher de origem árabe aos comandos do Airbus A380. A Primeira Oficial Al Muhairi, nacional dos Emirados Árabes Unidos, é actualmente a piloto feminino Emirati mais jovem a pilotar o A380.

Na Emirates Engineering, as mulheres trabalham como engenheiras licenciadas de aeronaves, como mecânicas e como técnicas para manutenção e reparos de aviões. As mulheres também trabalham em posições críticas nas operações de voo tanto nas pistas de descolagem e aterragem como enquanto gerentes de operações, coordenadores de turnaround, supervisores e controladoras das cargas das aeronaves e ainda no centro de operações como despachantes de voos.

Tagged under